Moto De Leilão Com Nota Fiscal – Veja Como Emitir
LEILÃO DE VEÍCULOS

Moto De Leilão Com Nota Fiscal – Veja Como Emitir

Anúncios

Hoje nós vamos falar sobre a moto de leilão com nota fiscal. Você alguma vez já cogitou a alternativa de fazer parte de um leilão? Como você provavelmente já deve saber, os mesmos são considerados por muitos, uma das melhores alternativas de efetuar a compra de algum bem.

Além de relíquias e coisas antigas, nos leilões também são feitas compra e vendas de diversos outros bens, como por exemplo, imóveis e veículos, que vão desde motos, até carros, vans e muito mais.

Com certeza uma das principais vantagens de participar de um leilão são os seus valores, que quando comparados aos valores do mercado, são bastante inferiores.

Anúncios

Ficou interessado em obter mais informações a respeito de como funciona um leilão de motos e também, como emitir a nota fiscal do mesmo? Se a resposta para esta pergunta for sim, sugerimos que continue lendo este breve e explicativo artigo.

Leilão de motos – O que é e como funciona?

Apesar de muitos pessoas já saberem do que se trata, é interessante ressaltarmos mais algumas informações.

O leilão basicamente trata-se de um evento no qual pode ser feita tanto a compra, quanto a venda de determinado bem, cujo valor mínimo é já estabelecido, mas como já dito, tais valores são bastante inferiores ao do mercado.

Anúncios

De forma simples, um leilão funciona a partir do anuncio de determinado bem, quando alguma pessoa se interessa pelo mesmo, logo deve apresentar a sua proposta.

Caso outra pessoa também esteja interessado em arrematar tal moto, por exemplo, a sua proposta deve ser superior à anterior e assim por diante.

A origem das motos podem variar bastante, já que podem vir tanto de uma apreensão, quanto direto da fabrica.

Os leilões mais comuns são aqueles que vem a partir de uma apreensão, seja ele devido a falta de pagamento das parcelas do financiamento, pela irregularidade do documento, ou até mesmo, por infrações no trânsito.

Quando apreendido, o veículo, o mesmo é direcionado à um pátio do Detran, local no qual fica no máximo 90 dias, prazo que o proprietário pode tentar regularizar sua situação.

Caso nada seja feito, o mesmo passa à ser um produto de leilão, que por sua vez, será vendido por um preço bastante inferior ao que realmente vale.

Uma das razões do valor diminuir, é devido as condições pela qual o mesmo é submetido quando fica os 90 dias no pátio, sem qualquer cuidado.

É fundamental ressaltarmos que quando você faz o arremate de um bem que veio de um financiamento irregular, é necessário acertar todas as suas parcelas, além de claro, pagar o valor que ofereceu no evento.

Moto de leilão com nota fiscal – Veja como emitir

Ao efetuar uma compra em algum leilão, é necessário realizar a emissão de da nota fiscal.

Para que isso seja feito, existem duas alternativas diferentes, confira a seguir o passo a passo:

Nota fiscal de entrada por importação

Neste caso, é necessário importar o arquivo XML da nota, para que posteriormente, faça o registro em seu controle de estoque além do seu controle tributário.

Passo 1: A princípio, você deve acessar o seguinte site: http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/principal.aspx.

Passo 2. Clique em consultar NF-e.

Passo 3. No canto superior direito da nota fiscal, insira a sua chave de acesso, que por sua vez, é composta por 44 dígitos.

Passo 4. Posteriormente, faça o download.

Passo 5. Por fim, basta apenas selecionar o Certificado Digital.

Antes de apresentarmos o passo a passo, é interessante deixarmos claro que as condições podem variar de acordo com o lugar onde você mora.

Passo 6. Primeiramente, é necessário efetuado o cadastramento do CNPJ na prefeitura ou Secretaria Estadual.

Passo 7. Em seguida, adquira um Certificado Digital.

Passo 8. Posteriormente, defina um software de emissão de nota fiscal.